Docência em arte, docência com arte: experiência e espaços do possível

Anais do Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação

GT 11 – Docência em arte, docência com arte: experiência e espaços do possível

Coordenadores: Luciana Grupelli Loponte (UFRGS); Aurélia Regina de Souza Honorato (UNESC); Marcelo Feldhaus (UNESC)

Resumo
A proposição deste Grupo de Trabalho tem como principal objetivo fomentar, potencializar e socializar as pesquisas em arte que evidenciem a docência em arte e a docência com arte desenvolvidas a partir dos inúmeros segmentos que a compõem no âmbito ibero-americano. A docência em arte é marcada pelas especificidades da área nas suas metodologias, nas suas teorias fundamentais, nas ações relativas aos campos de atuação do profissional. E precisa, nesse espaço-tempo em que vivemos, seguir alguns sistemas e normas, mas isso não impede de que se tenha um olhar para o avesso, buscando, como diz Benjamin, escovar o presente a contrapelo para considerar as possibilidades que esta inversão nos mostra de reinvenção, de modos de vida. Propomos pensar em espaços do possível na docência em arte, docência com arte, que sejam movidos pela experiência. A experiência que apontamos é aquela, que desvinculada do experimento e da vivência, está ligada ao sujeito e a sua capacidade de sensação e aos seus processos de subjetivação. Capacidade esta que dissolve as figuras de sujeito e objeto e nos permite integrar o outro à nossa tessitura sensível. É ela, a experiência, que mobiliza as potências de criação que produzem o sensível. E é no território da docência em arte ou na docência com arte que essas potências de criação podem ser ativadas para então promover a transformação desse território em espaços do possível. O que já está estabelecido como norma e condição para o ensino da arte nas escolas e para a formação dos professores e professoras pode ser visto de outras formas, por outros ângulos, a partir de diferentes atravessamentos, heterotipias, e sob um terreno de agitação que mobiliza sensações, desejos, pensamentos, limites e intensidades. Acreditamos na docência em arte ou em uma docência com arte que se propõe encontrar frestas que permitam considerar o dissenso e a invenção de novas maneiras de ensinar e de partilhar o comum. Uma docência que se afirme em seu devir-político, deixando seus contornos e permitindo novas formas de ser professor e professora. Este GT busca abraçar pesquisas que discutem e refletem a docência em arte, docência com arte e seus desdobramentos na contemporaneidade visando difundir e ampliar a produção e a democratização do conhecimento na Ibero-América.

Para acessar o PDF clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *